GOURMET

Active filters

  • CABAZ DE NATAL FLOCO DE NEVE

    €54.60

    "Os flocos de neve são os maiores representantes do inverno pelo mundo, com exceção de alguns países. Além disso, mantém o equilíbrio perfeito entre algo singelo, belo e extremamente grandioso e perigoso, como numa tempestade de neve e são muito frequentes na época de natal, simbolizando o belo, o frio e o aconchego.

    Quando analisados separadamente, por exemplo, eles se mostram únicos e ao mesmo tempo complexos. Apesar de serem diferentes entre si, sua formação é similar. Ou seja, todos se formam da mesma maneira e tornam o local num ambiente mágico."

  • CABAZ DE NATAL SANTA CLAUS

    €53.20

    "Conforme o mito, O Pai Natal mora nas montanhas de Korvatunturi na Lapônia, Finlândia. O Pai Natal vive com os incontáveis elfos mágicos e oito ou nove renas voadoras e  todos os anos faz uma lista de crianças ao redor do mundo, classificando-as de acordo com seu comportamento, para entregar presentes, como brinquedos ou doces, a todos os meninos bem-comportados no mundo na noite da véspera de Natal. O Pai Natal consegue esse feito anual com o auxílio de elfos, que fazem os brinquedos na oficina, e das renas que puxam o trenó.

    O personagem foi inspirado em São Nicolau, arcebispo de Mira na Turquia, no século IV. Nicolau costumava ajudar, anonimamente, quem estivesse em dificuldades financeiras. Sua transformação em símbolo natalino aconteceu na Alemanha e daí correu o mundo inteiro."

  • CABAZ DE NATAL LAPÓNIA

    €53.60

    "Lapónia é uma região no norte da Escandinávia, que abrange território de quatro países: Noruega, Suécia, Finlândia e Federação Russa e que corresponde à região onde habitam os sámi, tradicionalmente conhecidos como lapões.

    Existe uma tradição popular que acredita que o norte da Finlândia, em Rovaniemi, é o abrigo oficial do Pai Natal por estar inserido exatamente no Círculo Polar Ártico, o que faz a região ser uma das maiores atrações turísticas do mundo na época das festas natalinas.

    A Lapónia é conhecida turisticamente pelo Sol da meia noite no Verão e pela Aurora boreal no Inverno, pela tradição de aí residir o Pai Natal e as suas renas, pelos fiordes na costa ocidental, pela pesca do bacalhau e do salmão, e pelas montanhas e florestas a perder de vista."

  • CABAZ DE NATAL TRENÓ

    €59.50

    "O trenó do Pai Natal, é um elemento da magia que compõe a imaginação natalina. A palavra trenó, por exemplo, em si já carrega um significado autoexplicativo. Sua variação da palavra francesa Traîneau já quer dizer: veículo para andar sobre a neve. Mais do que isso, é uma parte importante de uma tradição histórica e fundamental para o nosso natal atual.

    Apesar de ter nascido a partir de uma crença pagã, o natal e suas representações receberam o toque cristão para se tornar o que é hoje. A bondade personalizada em um bom velhinho, sua disposição em viajar o mundo distribuindo presentes precisam de um meio de transporte à altura da imagem romântica. Assim, o trenó ganhou espaço nas lendas ao ser puxado por oito simpáticas renas."

  • CABAZ DE NATAL RENA

    €61.00

    "O mito das Renas do Pai Natal foi criado na Europa do séc. XIX, a partir do costume de nos países como o Canadá (Norte), Alasca, Rússia, Escandinávia e Islândia.

    Porém, as renas do Pai Natal são especiais pois, apesar de serem semelhantes às renas que existem nesses países, são as únicas renas que conseguem voar, de modo a que o Pai Natal possa entregar os presentes a todas as crianças do mundo inteiro.

    Conta-se que o Pai Natal ao chegar a uma das casas para entregar os presentes, encontrou por acaso a rena Rodolfo, que era diferente das suas outras renas pois tinha um nariz vermelho e luminoso. O Pai Natal pediu a Rodolfo que se juntasse a ele e liderasse as suas renas de modo a que não se perdessem pelo caminho. A partir daí, Rodolfo passou a ser a rena que guia o trenó do Pai Natal."

  • CABAZ DE NATAL JINGLE BELLS

    €65.60

    "Jingle Bells, originalmente conhecida como One Horse Open Sleigh, é uma das mais comuns e conhecidas canções natalinas do mundo. Foi escrita e composta por James Lord Pierpont (1822–1893) e publicada como One Horse Open Sleigh em 16 de setembro de 1857, sendo que, originalmente, se tratava de uma canção para o dia de ação de graças e não para o Natal. A canção retrata as experiências do eu lírico ao andar pela neve em um trenó puxado a cavalo."

  • CABAZ DE NATAL PRESÉPIO

    €65.50

    "Costume em várias culturas montar um presépio quando é chegada a época de Natal. Variam em tamanho, alguns em miniatura, outros em tamanho real.

    O primeiro presépio do mundo teria sido montado em argila por São Francisco de Assis em 1223. Nesse ano, em vez de festejar a noite de Natal na Igreja, como era seu hábito, o Santo fê-lo na floresta da cidade de Greccio, na Itália, para onde mandou transportar uma manjedoura, um boi e um burro, para melhor explicar o Natal às pessoas comuns, camponeses que não conseguiam entender a história do nascimento de Jesus.

    O costume espalhou-se por entre as principais Catedrais, Igrejas e Mosteiros da Europa durante a Idade Média, começando a ser montado também nas casas de Reis e Nobres já durante o Renascimento. "

  • CABAZ DE NATAL BONECO DE NEVE

    €67.70

    "O boneco de neve, um dos símbolos do natal, é proveniente da neve existente no hemisfério norte, lugar que exige das pessoas uma convivência maior dentro das casas, e o clima natalino é um momento que proporciona essa convivência, onde as famílias se reúnem para confraternizar.

    Em países frios, as crianças saem durante o dia para produzir o boneco de neve. Colocam duas bolas grandes de neve uma sob a outra, um cachecol, uma cenoura para fazer o nariz, um chapéu, laranjas para fazer os olhos e galhos para servir de pés e mãos."

  • CABAZ DE NATAL PINHEIRINHO

    €75.60

    "A árvore de Natal é uma das mais populares tradições associadas com a celebração do Natal. É normalmente uma árvore conífera de folhas perenes (um pinheiro) ou uma árvore artificial. Como parte da tradição, enfeita-se a árvore com bolas coloridas e outros adornos natalinos, como o sino de Natal.

    Civilizações antigas que habitaram os continentes europeu e asiático, no terceiro milênio antes de Cristo, já consideravam as árvores como um símbolo divino. Eles cultivavam-nas e realizavam festivais em seu favor. Essas crenças ligavam as árvores a entidades mitológicas e sua projeção vertical, desde as raízes fincadas no solo, marcava a simbólica aliança entre os céus e a mãe terra."

  • CABAZ DE NATAL CEIA DE NATAL

    €68.90

    "Em Portugal, a ceia de natal recebe o nome de consoada sendo celebrada na noite do dia 24 de dezembro, a véspera de Natal. Esta tradição leva as famílias a reunirem-se à volta da mesa de jantar, comendo uma refeição reforçada. Por ser uma festa de família, muitas pessoas percorrem longas distâncias para se juntarem aos seus familiares.

    A origem do nome “Consoada” vem do Latim "consolata", de "consolare", "consolar".

    A Consoada consiste principalmente em bacalhau cozido, seguido dos doces, como aletria, rabanadas, mexidos, etc... e para finalizar ao final da noite o famoso Perú. Existem famílias que permanecem juntos do Natal ao Ano Novo!"

    Feliz Natal e um Prospero Ano novo!"

  • CABAZ DE NATAL CHRISTMAS TIME

    €86.60

    "A Época de Natal é o ponto alto da união das pessoas, das famílias, quando os acontecimentos parecem menos importantes e as relações são o centro de tudo. Estar com as pessoas de quem gostamos é um bálsamo importante para a vida diária, pois traz-nos a alegria de sermos bem acompanhados e apoiados. O simbolismo mais emocional do dar e do receber prendas é também ele importante, pois são demonstrações do quanto nos lembramos de alguém. Toda a partilha da refeição, das histórias, dos momentos à lareira, do revisitar os locais onde não íamos há vários meses, as chamadas para as pessoas que estão mais afastadas e que, neste dia, ficam mais perto, são tudo ações que realizamos e que devem ser valorizadas pelo seu enquadramento."

  • CABAZ DE NATAL AZEVINHO

    €88.70

    "Arbusto de folha persistente, o azevinho nasce espontaneamente na Europa, perdurando todo o inverno.

    Hoje em dia é uma planta muito utilizada nas decorações natalícias, simbolizando amor e esperança. Também é colocada à porta das casas como sinal de proteção.

    O seu uso teve origem na Europa, no paganismo pré-cristão. Para os druidas, o azevinho era considerado sagrado. Os celtas usavam a sua madeira para fabricar as pontas das lanças, pela sua dureza, considerando-o também símbolo de firmeza."

Created by Dotec